RSS
Notícias
Comentários

Aldo Demarchi, Rodrigo Garcia e Val Demarchi

O município de Rio Claro receberá investimentos de 11 milhões de reais do Ministério da Educação. Esses recursos serão aplicados na construção de três creches tipo 1, no valor de 2,4 milhões de reais cada, e uma escola de ensino fundamental com 12 salas de aula, ao custo de 3,8 milhões de reais.
A informação foi divulgada nesta quarta-feira (24) pelo deputado estadual Aldo Demarchi e pelo vereador Val Demarchi, líder do Democratas na Câmara Municipal, depois de serem recebidos em São Paulo por Rodrigo Garcia, secretário da Habitação e um dos principais nomes do partido.
“O Rodrigo fez questão de transmitir pessoalmente a notícia da contemplação de Rio Claro com as creches e a escola pelo Ministério da Educação, que tem no comando Mendonça Filho, representante da nossa agremiação partidária”, disse Aldo Demarchi.
“Isso é uma conquista de toda a bancada do Democratas, que é formada por mim, André Godoy, Geraldo Voluntário, Ney Paiva e Seron do Proerd”, ressaltou Val Demarchi. Em abril deste ano, os cinco vereadores, o deputado e o prefeito Juninho da Padaria estiveram reunidos com Rodrigo Garcia.

Aldo Demarchi, Arnaldo Jardim, João Carlos Sposito, João Manoel Costa Neto e José Anselmo

O deputado Aldo Demarchi acompanhou na última quarta-feira (17) um grupo de representantes da Federação Paulista de Passaricultores (FPP) em audiência com o secretário de Agricultura e Abastecimento do Estado de São Paulo, Arnaldo Jardim. Participaram da reunião João Carlos Sposito, presidente, João Manoel Costa Neto, secretário, e José Anselmo, representante da diretoria executiva da entidade.
Durante o encontro, foi solicitada a revisão dos procedimentos para emissão da Guia de Trânsito Animal – Gta Interestadual. Os integrantes da FPP defendem que seja exigida apenas a relação de pássaros fornecida pelo Instituto Brasileiro do Meio Ambiente (Ibama), de acordo com a Instrução Normativa 10 do Sispass – Gestão de Criadores de Passeriformes Silvestres.
Outra questão apresentada envolve a Guia de Trânsito Animal mediante apresentação de atestado de sanidade assinado por veterinário certificado pela Coordenadoria de Defesa Agropecuária (CDA) com validade de 72 horas. Atualmente, é exigida a GTA de volta, o que dificulta a participação de expositores em eventos, pois nem sempre é tranquila a obtenção do documento, sem contar as despesas que isso acarreta.
Segundo Aldo Demarchi e João Carlos Sposito destacam em ofício entregue ao secretário Arnaldo Jardim, o prazo de 72 horas “é suficiente para o deslocamento de ida, exposição e volta”. Por esse motivo, pedem que o mesmo atestado seja válido para o retorno. Além disso, reivindicaram a redução do número de exames durante a temporada, o que provoca perda de rendimento durante as exposições. A alegação é que os pássaros levados a eventos competitivos requerem manejo específico para que sejam submetidos ao mínimo de estresse possível.
Depois de ouvir atentamente os integrantes da FPP, o secretário Jardim determinou ao coordenador de Defesa Agropecuária, Fernando Buchala, que avalie o atendimento às solicitações referentes ao problema das GTAs interestadual e de volta. Já no que diz respeito ao prazo de validade dos atestados, explicou que isso depende de normas editadas pelo Ministério da Agricultura.

Aldo Demarchi discursa na reunião da Aglomeração Urbana de Piracicaba (Mateus Medeiros)

O Conselho de Desenvolvimento da Aglomeração Urbana de Piracicaba tem novo presidente. Barjas Negri, prefeito de Piracicaba, foi eleito nesta segunda-feira (15) para a função que até dezembro era exercida por Valdeci Lourenço, ex-prefeito de Conchal, que não foi candidato à reeleição.
Participaram da reunião do Conselho, entre outros convidados, o deputado Aldo Demarchi, o secretário de Emprego e Relações do Trabalho, José Luiz Ribeiro, o secretário de Energia e Mineração, José Carlos Meirelles, e o subsecretário de Assuntos Metropolitanos, Edmur Mesquita.
Aldo Demarchi aproveitou o evento para solicitar aos representantes de municípios presentes e ao subsecretário Mesquita que pressionem o Colégio de Líderes da Assembleia Legislativa a agilizar a votação do Projeto de Lei Complementar 06/2014, que transforma a Aglomeração Urbana em Região Metropolitana. De autoria de Aldo e do deputado Roberto Morais, a proposta já recebeu sinal verde das três comissões que a analisaram e está pronta para votação.

Aldo Demarchi discursa na comemoração dos 21 anos da Guarda Civil

O deputado Aldo Demarchi participou nesta segunda-feira (15) da comemoração pelos 21 anos de fundação da Guarda Civil Municipal de Rio Claro. Também compareceram ao evento, entre outras autoridades e convidados, o prefeito João Teixeira Júnior, o vice-prefeito Marco Antônio Bellagamba, os vereadores Val Demarchi, Geraldo Voluntário, Seron do Proerd, Adriano La Torre, Irander Augusto Lopes e Luciano Bonsucesso, e a ex-vice-prefeita Candinha Demarchi, madrinha da corporação.
A Guarda Civil foi instituída em 1996, durante a segunda gestão de Nevoeiro Júnior à frente da administração municipal. No terceiro mandato (2005-2008), Nevoeiro – de quem dona Candinha era vice e secretária da Ação Social -, armou a Guarda e criou seu estatuto.

Integrantes da bancada do Democratas reunidos na Alesp

A bancada estadual do Democratas (DEM) definiu em reunião promovida com a liderança do partido na Assembleia Legislativa de São Paulo (Alesp) temas e detalhes da programação para o primeiro Encontro do Democratas de 2017. Centenas de autoridades, lideranças e filiados em todo Estado são esperados no evento, programado para sexta-feira (26/05), a partir das 10 horas no Plenário Juscelino Kubitschek, da Alesp, em São Paulo.
O encontro marcará o início de um amplo debate com os representantes do partido nos 645 municípios paulistas. Temas como “as novas reformas políticas” e “mídias digitais” serão questões centrais do debate. O evento reunirá prefeitos, vice-prefeitos, deputados estaduais e federais, vereadores, presidentes de diretório, integrantes de executivas municipais e filiados ao partido no Estado de São Paulo.
Participaram da reunião os deputados estaduais Aldo Demarchi, André Soares, Cezinha de Madureira, Edmir Chedid, Estevam Galvão, Gil Lancaster e Rogério Nogueira, líder do Democratas na Assembleia Legislativa. Também integram a bancada os deputados Milton Leite Filho e Rodrigo Moraes.

Projeto surgiu a partir da Frente Parlamentar em Defesa da Agroecologia

Será apresentado oficialmente, no próximo dia 17, às 10 horas, no Auditório Paulo Kobayashi, na Assembleia Legislativa de São Paulo, o Projeto de Lei 236/2017, que estabelece a Política Estadual de Agroecologia e Produção Orgânica (PEAPO).

A iniciativa é um dos resultados do trabalho de uma Frente Parlamentar criada há cerca de quatro anos com a finalidade de discutir alternativas para oferecer à população alimentos saudáveis e definir mecanismos de preservação dos recursos naturais na atividade agrícola.

Coordenada pelo deputado Aldo Demarchi e pela deputada Ana do Carmo, a Frente passou a trabalhar na definição de uma política específica para o setor em 2015. No ano seguinte, foram realizadas sete audiências públicas que contribuíram para a redação final do PL 236. Todas as atividades tiveram apoio e participação de entidades públicas e privadas, movimentos sociais e outros segmentos interessados na agroecologia e produção orgânica.

Alfredo de Lima Júnior, Aldo Demarchi e José Carlos Cardoso

O deputado Aldo Demarchi visitou nesta terça-feira (25) a Santa Casa de Misericórdia de Rio Claro. Recebido pelo provedor, professor José Carlos Cardoso, e pelo diretor administrativo, Alfredo Joaquim de Lima Júnior, o parlamentar se colocou à disposição da entidade para ajudar nas negociações com a prefeitura local sobre a renovação do convênio e pagamento de valores atrasados de serviços prestados.
Desde que ingressou na Assembleia Legislativa, há mais de vinte anos, Demarchi tem destinado recursos para manutenção e custeio da Santa Casa por meio de emendas orçamentárias. “Com mais de 130 anos de existência, a instituição mantém o único hospital que atende pelo SUS em Rio Claro e região”, justifica o deputado.

Luis Fernando Quilici, Geraldo Alckmin, Benjamin Ferreira Neto e Aldo Demarchi

O governador Geraldo Alckmin esteve em Rio Claro no último dia 12 e em encontro com os representantes do setor cerâmico de revestimento autorizou o asfaltamento do primeiro trecho de estradas vicinais pleiteado pela ASPACER. Segundo Alckmin, com a baixa arrecadação do estado em 2016, não estão sendo autorizadas novas obras, por isso sugeriu que o trecho de caráter mais urgente receba asfalto e que as obras sejam iniciadas ainda no próximo mês.
Os representantes da ASPACER, Benjamin Ferreira Neto – Presidente do Conselho e Luís Fernando Quilici – diretor de relações institucionais e governamentais, juntamente com o governador Alckmin definiram como prioritário o trecho que contempla a execução das obras e serviços de pavimentação da Estrada Vicinal que faz a ligação das Divisas de Municípios de Rio Claro e Santa Gertrudes até a entrada da Fazenda Itaúna, com extensão de 8,2 km de extensão no município de Santa Gertrudes, principalmente pelo alto tráfego de caminhões no local. “É uma parceria exclusivamente do Estado com a entidade que representa o setor ceramista. Não existe qualquer participação do governo federal”, observa o deputado Aldo Demarchi.
Esse trecho corresponde a praticamente 50% do total de asfaltamento pedido pela ASPACER, tendo em vista que a somatória dos quatro trechos de pavimentação solicitados pela entidade chega a cerca de 17 km.
Os outros três trechos já são objetos de Convênios assinados entre o DER e as prefeituras de Rio Claro e Santa Gertrudes ainda em fevereiro de 2014 e segundo o governador serão asfaltados futuramente.
“Estradas vicinais são de responsabilidade das prefeituras. Sabemos das dificuldades dos municípios, então o governo do estado busca agora a parceria do DER Rio Claro, das prefeituras e dos empresários para a promoção do asfaltamento de trechos das estradas vicinais do maior polo ceramista do país”, afirmou Alckmin.
Em março de 2012, Geraldo Alckmin, esteve na sede da ASPACER e naquela oportunidade a entidade já reiterava a necessidade do asfaltamento das vicinais como medida que permitiria a melhoria da qualidade do ar na região.
Benjamim Ferreira Neto, presidente do Conselho da entidade, diz que “trata-se de mais uma conquista importante da ASPACER, dentro da visão setorial em contribuir com a região, sempre atuando de forma propositiva e ao lado dos interesses da comunidade regional”.
Desde 2009, a ASPACER pleiteia o asfaltamento das estradas vicinais junto ao governo do estado. Na época, foram divulgados dados dos estudos de qualidade do ar da CETESB (Companhia Ambiental do Estado de São Paulo) que demostram que a região de Santa Gertrudes detém altos índices de material particulado, consequência do trafego excessivo de caminhões de argila, produtos acabados e cana de açúcar que circulam pelas estradas vicinais não asfaltadas, contribuindo para a suspenção dessa poeira no ar.
Para o diretor de Relações Institucionais e Governamentais da ASPACER, Luís Fernando Quilici, “não resta dúvida sobre a importância do asfaltamento dos trechos para a melhoria substancial da qualidade do ar na região. É nesse item que se encontra a principal fonte emissora do material particulado. Com o altíssimo trânsito de caminhões por esses trechos, é praticamente nula a possibilidade da redução de poeira sem o asfaltamento”, conclui Quilici.
Participaram também do encontro além do governador Alckmin, Benjamin e Quilici, o deputado estadual Aldo Demarchi, o prefeito de Rio Claro, João Teixeira Junior, e o presidente da Câmara de Rio Claro, André Godoy.
(Com informações de www.aspacer.com.br)

Geraldo Alckmin e Aldo Demarchi, na reinauguração da DDM

Depois de reabrir, no início da tarde desta quarta-feira (12), a Delegacia de Defesa da Mulher (DDM) de Rio Claro, o governador Geraldo Alckmin anunciou que no mês de julho assinará a ordem de serviço para início das obras de duplicação da Rodovia SP-191 (Wilson Finardi), no trecho entre as rodovias SP-330 (Anhanguera) e Washington Luis (SP-310). “Serão investidos 95,9 milhões de reais”, disse Alckmin. Ele também informou que em 90 dias estarão concluídos os serviços de melhoria na SP-316 (Constante Peruchi), de Cordeirópolis a Rio Claro, com passagem por Santa Gertrudes, onde o Estado gastou 52 milhões de reais.
Integrante da Comissão de Transportes e Comunicação da Assembleia Legislativa, o deputado Aldo Demarchi tem sido um dos incentivadores das ações de governo para garantir maior segurança aos usuários da malha rodoviária paulista. “No caso da SP-191, a duplicação de Araras até Rio Claro é uma antiga aspiração regional e faz parte do contrato de concessão”, disse o parlamentar. Sobre a SP-316, ele observa que a obra somente ainda não foi completada devido ao atraso da Elektro na remoção de alguns postes, o que finalmente começou a acontecer.

Delegacia

Fechada havia bastante tempo em razão de um processo de reengenharia da Polícia Civil, a Delegacia de Defesa da Mulher passou a funcionar nas antigas dependências da 36ª Ciretran, que teve as atribuições transferidas para o Poupatempo. O espaço foi reformado e recebeu móveis e equipamentos no valor de aproximadamente 80 mil reais.
“Essa é a DDM de número 133 e ajudará a reforçar o trabalho de coibir e prevenir a violência contra as mulheres”, ressaltou Geraldo Alckmin durante entrevista coletiva.
“Iniciado há cerca de três anos, o processo de reabertura da DDM finalmente foi concretizado com a presença do governador”, comemorou o deputado Aldo Demarchi. Ele é o autor do projeto que conferiu à unidade policial a denominação “Dra. Liana Mungai”, em homenagem à delegada nascida em 1951 e falecida em 2006.


No próximo dia 27, serão completados sete anos da publicação do edital para construção do novo Fórum de Rio Claro. Um mês depois, já estava definida a empresa responsável pela obra. Mudanças no projeto, num primeiro momento, e problemas com a vencedora da concorrência pública realizada pela Prefeitura, porém, atrasaram o cronograma e acabaram por emperrar o projeto, que está paralisado há três anos.
Responsável pela emenda parlamentar que destinou cerca de R$ 9 milhões ao projeto, o deputado Aldo Demarchi lamenta a interrupção dos serviços quando estavam prontas cerca de 75% das edificações. “Desde então já fizemos diversos contatos no governo do Estado em busca de uma solução para o impasse”, diz o deputado. Há menos de um mês (foto), ele, o prefeito João Teixeira Júnior, o diretor do Fórum, juiz Cláudio Luis Pavão, e o procurador do Município, Rodrigo Ragghiante, trataram do assunto com o secretário adjunto de Justiça e Defesa da Cidadania, Luiz Madureira.
Na audiência, segundo o deputado, Madureira assumiu o compromisso de não liberar qualquer reforma ou novo prédio antes de dar sequência à construção do Fórum de Rio Claro. “Acredito que no próximo semestre teremos a retomada e conclusão das obras”, prevê  Aldo Demarchi.

Publicação Mais Antigo »